• Meus Pedidos
  • SAC: (45) 3306-9929
  • WhatsApp: (45) 99959-2027

Beef Protein Isolado

X

PROTEÍNA DA CARNE

Outra opção para quem quer ganhar massa muscular magra que não seja a proteína extraída do soro do leite (whey protein) é a proteína da carne extraída da carne vermelha é uma excelente opção. Em sua composição existe também a concentração de aminoácidos essenciais os quais o nosso corpo não produz e em maior quantidade do que a carne em si.

 

 

QUAIS SÃO OS TIPOS DE SUPLEMENTOS A BASE A PROTEÍNA DA CARNE?

Existem dois tipos de suplementos extraídos da carne, são as proteínas hidrolisadas e as proteínas isoladas e suas diferenças são:

Proteína Hidrolisada: esta proteína recebe um processo de filtragem mais refinado onde as partículas ficam menores e de mais fácil absorção pelo organismo, desta forma o aproveitamento deste suplemento é maior.

Proteína Isolada: Passa por um processo intermediário de filtragem também possui uma grande porcentagem de proteínas e aminoácidos.

 

 

BENEFÍCIOS DA PROTEÍNA DA CARNE

A carne vermelha é uma excelente fonte de proteínas e também ferro e zinco. Ideal para quem deseja adquirir o corpo que deseja.

Mas o consumo da carne vermelha também tem seus malefícios tais como grande quantidade de gordura o que pode ocasionar em colesterol o que não é nada ideal para nossa saúde.

Muitas pessoas e atletas acabam trocando o consumo desta proteína na sua composição natural por proteínas que trazem os mesmos benefícios e retirando os malefícios, eliminando as gorduras e zerando o colesterol.

 

 

QUAL É O MELHOR WHEY PROTEIN O PROTEÍNA DA CARNE?

Uma grande vantagem em se consumir a proteína extraída da carne é para aquelas pessoas que tem intolerância a lactose e que não pode chegar ne perto de um suplemento a base do soro do leite.

Esta é a diferença a serem apontadas entre estas duas proteínas, no mais, os benefícios são praticamente os mesmos devido à boa quantidade de proteínas, aminoácidos e também a sua absorção rápida.

 

 

QUANDO CONSUMIR SUPLEMENTO A BASE DE PROTEÍNA DA CARNE?

Indicado pela maior a dos nutricionistas e educadores físicos, a proteína da carne deve ser consumida após o treino (pós-treino) para que a absorção dos nutrientes seja elevada ao seu melhor aproveitamento. Após as atividades que estimulam a hipertrofia o corpo está mais apto a regenerar micro lesões causado nos músculos.

 

 

IMPORTANTE:

Existem marcas que misturam a proteína da carne com uma quantidade menor de proteína do soro do leite (whey protein) esta tem na descrição do rótulo como baixo índice de lactose ou contém derivados do leite, uma delas é o CARNIVORO BEEF PROTEIN ISOLATE BODY ACTION.