• Meus Pedidos
  • SAC: (45) 3306-9929
  • WhatsApp: (45) 99959-2027

Glutamina

X

O QUE É GLUTAMINA

A Glutamina é classificada no conjunto de aminoácidos não essenciais, aminoácidos que são produzidos pelo próprio corpo humano a partir de um determinado metabolismo.

A Glutamina é sintetizada a partir de ácidos glutâmicos, valina e isoleucina, vale ressaltar que o BCAA auxilia consideravelmente na síntese da glutamina, pois são fontes de valina e isoleucina como citado na primeira linha.

Sintetizada a partir do código genético a glutamina é classificada como aminoácido não essencial e possui grande abundância em nosso corpo.

 

GLUTAMINA E SUA IMPORTÂNCIA FISIOLÓGICA.

Apesar de ser classificada como um aminoácido não essencial pela literatura cientifica isso não quer dizer que não seja benéfico para nosso corpo, muito pelo contrário, a glutamina realiza funções vitais para o bom funcionamento de inúmeros órgãos tais como fígado, rim, intestino, pulmões, coração e representa 20% do total de aminoácidos livres no plasma. Também utilizamos a glutamina para o transporte de nitrogênio e amônia pela corrente sanguínea, é por este motivo que é necessário manter sempre uma constante quantidade de glutamina no sangue.

No intestino a glutamina é necessária para a absorção e a proliferação de células intestinais, prevenindo a deterioração do intestino.

Para o nosso sistema imunológico também tem grande importância, pois é uma fonte primária de energia. Podemos definir que sua deficiência pode ocasionar o aumento de incidência de doenças.

 

ATIVIDADES FÍSICAS DE ALTA INTENSIDADE E GLUTAMINA

Principalmente para atletas de musculação a glutamina auxilia e muito na recuperação pós-treino evitando, principalmente, o catabolismo dos músculos. Com um treino mais intenso o gasto de glutamina pelo corpo é maior do que a demanda produzida pelo nosso corpo, por este motivo a suplementação é muito importante nestas horas para que não se tenha falta deste aminoácido.

 

QUAIS OS BENEFÍCIOS DA GLUTAMINA?

✓ A Glutamina participa de forma relevante na síntese de outros aminoácidos;
✓ Ajuda a manter a homeostase dos tecidos durante o processo de catabolismo.
✓ Liberação de quantidades extras de hormônios da corrente sanguínea, como a testosterona, por exemplo;
✓ Importante papel na produção de glicose, por ter 2 grupos amina ela é ideal para formação de outros aminoácidos;
✓ Mantem um pH sanguíneo adequado. Para que nosso organismo funcione de maneira correta é extremamente importante que o pH esteja ótimo.
✓ Controla os processos de catabolismo e anabolismo;
✓ Retira e excesso de amônia e nitrogênio do corpo;
✓ Regula a síntese e degradação das proteínas;
✓ Manutenção do sistema imunológico;


GLUTAMINA NO GANHO DE MASSA MUSCULAR

Além de auxiliar no funcionamento do organismo também é importante na síntese das proteínas nos músculos, poupando o tecido muscular que é catabolizado para prover glutamina para outras células do corpo permitindo que o tecido muscular use a glutamina para sintetizar novos tecidos musculares, aumentando a força e resistência.

Estudos mostram que a glutamina em pequenas doses eleva o aumento do nível de hormônio do crescimento.

 

QUEM DEVERÁ CONSUMIR GLUTAMINA?

Primeiramente é importante ressaltar que este é um suplemento e preferencialmente deve ser indicado por um nutricionista ou médico. Atletas que treinam em alto nível incluem em sua dieta o consumo da glutamina como forma de suplementação alimentar os benefícios todos já foram citados nos parágrafos anteriores.

 

COMO POSSO CONSUMIR GLUTAMINA?

Para atletas de alto rendimento é recomendado a utilização da glutamina no pós-treino  e também antes de dormir. Uma que pode ser seguida é o consumo da glutamina com frutas e carboidratos simples, pois eleva a glicose no sangue fazendo com que o nutriente acesse as células mais rapidamente.

A quantidade indicada é descrita no rótulo de cada marca, recomenda-se consultar o seu nutricionista para definir a quantidade diária a ser consumida.